Conectado com

Campanha de vacinação contra a gripe está sendo realizada em Marechal Cândido Rondon

Cotidiano

Campanha de vacinação contra a gripe está sendo realizada em Marechal Cândido Rondon

Desde o dia 10 de abril, está sendo realizada a Campanha Nacional da Vacinação 2019, contra a Influenza (gripe). A campanha seguirá até o dia 31 de maio, respeitando o calendário já definido para atendimento dos grupos prioritários.

Os grupos prioritários são crianças entre seis meses, cinco anos, onze meses e 29 dias, gestantes, puérperas (pós-parto) até 45 dias após o parto, trabalhadores da área de saúde, públicos e privados em todos os níveis, professores de escolas públicas e privadas (que devem pegar junto à instituição de ensino uma declaração), indígenas, pessoas com mais de 60 anos, população privada de liberdade e funcionários, adolescentes em medidas sócio-educativas entre 12 a 21 anos e portadores de doenças crônicas (com receita de medicação de uso contínuo ou declaração médica).

Também estão sendo feitas atualizações da carteira de vacinação.

 

Hipertensos

A Secretaria de Saúde informa que os hipertensos não se enquadram no grupo de portadores de doenças crônicas. Enquadram-se apenas casos de pressão alta associados a outras doenças.

 

Primo-Vacinação

Crianças com idade entre seis meses e oito anos que nunca receberam a vacina contra a gripe, devem tomar duas doses da imunização. Já as que tiverem nove anos, mesmo que nunca tenham recebido a vacina, devem tomar apenas uma dose.

 

Doenças Crônicas

Enquadram-se como doenças crônicas, as doenças respiratórias crônicas (asma em uso de corticoide inalatório ou sistêmico, bronquiectasia, fibrose cística, doença intersticiais do pulmão, displasia broncopulmonar, hipertensão arterial pulmonar, crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade e DPOC), diabetes (tipo I e II), doenças cardíacas crônicas (doença cardíaca congênita, hipertensão arterial sistêmica com comorbidade, doença cardíaca isquêmica e insuficiência cardíaca), doença renal crônica (doença renal nos estágios 3, 4 e 5), síndrome nefrótica e paciente em diálise), doença hepática crônica (atrésia biliar, hepatites crônicas e cirrose), doença neurológica crônica (deficiência neurológica grave, doenças hereditárias e degenartivas do sistema nervoso ou muscular, condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela questão neurológica, AVC, paralisia cerebral, esclerose múltipla e condições similares), doenças imunossupressoras (doença de crohn, colite ulcerativa, artrite reumatoide, lúpus, psoríase, etc.), obesos (grau III), transplantados e portadores de trissomias (down, klinefelter, wakany, entre outras).

 

 

Cotidiano
Informações gerais

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Cotidiano

Artigos Populares

Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

Mãe que pedala…

Papo de Homem

Pessoa poderosa

Turminha da Paz

Isabel e Zacarias

Para o Topo