Conectado com

Semeando a Palavra

Dois dias

“No dia da prosperidade, goza do bem; mas no dia da adversidade, considera…”. Eclesiastes 7:14

A química da vida tem como elementos principais dois dias: dia da prosperidade e dia da adversidade; o texto Bíblico acima citado é bem claro em afirmar que ambos fazem oposição. Declara o texto que não é o diabo e nem o inferno que os promove, mas o próprio Deus; a sequência do versículo diz: “porque também Deus fez este em oposição àquele…”. Por mais que não concordamos, estes dias são inseparáveis em nosso calendário existencial.

Muitos cristãos, erroneamente dizem: “quero somente bênçãos, alegrias, saúde, prosperidade… se for o contrário, não é plano de Deus na minha vida”. Mas, segundo o texto citado, não viveremos apenas o “dia da prosperidade”, mas também o “dia da adversidade”, que irá provocar dor, tristeza, lágrimas, amargura.

Em Salmos 23:05, fica evidente a existência destes dois dias: “preparas uma mesa perante mim, na presença de meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, e meu cálice transborda” (mesa preparada e cabeça ungida: prosperidade; na presença dos inimigos: adversidade). Vamos então analisar o que deve ser feito nestes dias:

 

Dia da Prosperidade – nesse “tempo”, vivemos como um sonho; tudo se encaixa, tudo dá certo, etc; a orientação Divina é que aproveitemos esse tempo; com sabedoria, administrá-lo, para que nos sirva de lições e não apenas lições, mas de base, de estrutura para o momento dos ventos contrários. Seguem os conselhos Bíblicos:

 

– Desfrute com gratidão (Salmos 103:1-2)

– Desfrute com sabedoria (Mateus 6:33)

– Desfrute com generosidade (Provérbios 3:9-10)

 

Dia da Adversidade – um tempo indesejado, não planejado, mas que “pode” vir repentinamente; pessoas saíram de casa pela manhã, cheias de planos e sonhos, e não voltaram mais, ou se voltaram, alguns trouxeram consigo marcas de graves acidentes, de incidentes, que como os nomes os qualificam, não são planejadas, mas acontecem. Um desemprego, uma perca, um negócio mal feito, uma decisão errada, uma atitude impensada… o que fazer então:

 

– Considere que no mundo teremos aflições (João 16:33)

– Considere que você não está sozinho no dia da dificuldade (Salmos 23:04)

– Considere que o dia da adversidade não é para nossa destruição, mas para nosso crescimento (Romanos 5:3).

 

Conta uma “estória” que um menino viajava num grande avião; em determinado momento, uma grande turbulência açoitou a potente aeronave; ao lado de uma senhora em desespero, um menino dormia tranquilamente. A senhora o acordou e apavorada disse: “estamos enfrentando uma grande tempestade, o avião pode cair, e você dormindo!”… Responde o menino: “o piloto é meu pai”…

NÃO SE PREOCUPE… Deus está no controle absoluto de tudo, creia.

Semeando a Palavra
Pastor Vicente Mariano - Assembleia de Deus MCR

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Semeando a Palavra

Artigos Populares

Para o Topo