Conectado com

É Pouco, mas é o Suficiente

Deus de Detalhes

É Pouco, mas é o Suficiente

Em João 6, temos a história da primeira multiplicação dos pães que Jesus fez.

Jesus foi até o monte e sentou-se com Seus discípulos. O povo que tinha visto os sinais e maravilhas que Ele fazia, O seguiu. Quando Jesus viu a multidão, teve compaixão deles, falou sobre o Reinos dos Céus e curou os doentes.

De repente, Ele olha para Filipe e pergunta: “Onde vamos comprar pão para todo esse povo comer?”

E ele respondeu: “Nem 200 denários comprariam pão suficiente para que cada um comesse um pedaço”.

Um denário era equivalente ao salário de um dia de trabalho braçal, ou seja, muito dinheiro.

Nesse momento, outro discípulo toma a palavra.

João 6:8 e 9

Outro discípulo, André, irmão de Simão Pedro, tomou a palavra:
“Aqui está um rapaz com cinco pães de cevada e dois peixinhos, mas o que é isto para tanta gente?”

Então Jesus pediu para que os discípulos organizassem tudo e para as pessoas que sentassem na grama.

A Bíblia diz que haviam 5.000 homens. Então, estima-se que com mulheres e crianças, tinha mais de 10.000 pessoas.

Jesus pega os 5 pães e 2 peixes, dá graças, faz uma oração, e começa a repartir com todos. A multidão toda comeu e ainda sobraram 12 cestos de pão.

Mas quero te convidar a olhar para esse discípulo chamado André.

Ele viu a situação toda, assim como seus companheiros. Ele talvez não sabia ao certo o que e como aconteceria, mas ele já tinha visto Jesus fazendo coisas extraordinárias. André teve fé e ofereceu, mostrou o que estava disponível no momento: 5 pães e 2 peixes.

Não era muito, mas era o que tinha.

Não era muito, mas ele ofereceu o pouco que tinha para a pessoa certa.

Não era muito, mas Jesus transformou esse pouco em tudo que precisavam naquele momento.

Jesus multiplica o pão para aquela refeição, não para a semana toda.

 

Isso me ensina algumas coisas:

Devemos sempre entregar o que temos, mesmo quando olhamos e pensamos que não é nada.

Devemos entregar o pouco que temos, mas para a pessoa certa.

Devemos entregar o que temos, para ter o suficiente para aquele momento.

A entrega deve ser diária, para que Deus a transforme no necessário para aquele momento.

 

Muitas pessoas dizem que irão servir a Deus somente quando tiverem ou conseguirem fazer algo grandioso. Não tenha esse pensamento. Pense como André, ofereça o pouco, porque é Deus que fará a obra. Sirva e seja fiel tanto nas coisas pequenas, como nas grandes.

Agora pense no que você pode oferecer a Deus e veja se está fazendo como André que, com fé, entregou o pouco que tinha para a pessoa certa, Jesus, e viu algo maravilhoso acontecer.

Quando amamos a Deus e lhe entregamos o que temos, Ele sempre irá nos surpreender!!

“O que nem olhos viram, ouvido nenhum ouviu, nem mente alguma imaginou, isso é o que Deus preparou para aqueles que o amam”. 1 Coríntios 2:9

 

Deus de Detalhes
Vanusa Schulz Ceruti

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Deus de Detalhes

  • Deus de Detalhes

    Você tem um rótulo?

    Por

    Por muitas vezes, somos chamados ou chamamos alguém, não pelo nome, mas apelidos ou características. Somos...

  • Deus de Detalhes

    Honre os idosos…

    Por

    A Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu em 1991 o 1ª de outubro como Dia Internacional...

  • Deus de Detalhes

    7 de Setembro

    Por

    Esse dia, além de feriado nacional, deve ser comemorado com alegria (no decorrer deste mês e...

  • Deus de Detalhes

    Você realmente confia em Deus?

    Por

    Neste mês, minha filha Isabel teve que repetir a ressonância magnética, um exame que faz todo...

  • Deus de Detalhes

    Você tem amigos assim?

    Por

    Quando fiz quimioterapia, por conta de um câncer de mama, perdi minha coordenação motora e o...

Para o Topo