Conectado com

A bicicleta de Deus

Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

A bicicleta de Deus

Em uma noite quente de verão, um jovem foi falar com um velho sábio: “Mestre, como posso ter certeza de que eu estou gastando minha vida direito? Como posso ter certeza de que tudo que faço é o que Deus me pede para fazer?”

O velho sábio sorriu satisfeito e disse: “Numa noite, eu fui dormir com o coração muito aflito. Eu estava tentando, sem sucesso, responder a essas perguntas. Foi então que eu tive um sonho… sonhei com uma bicicleta que tinha dois selins. Vi que a minha vida era como uma corrida de bicicleta para duas pessoas. E vi que Deus estava sentado no selim atrás de mim e me ajudava a pedalar… mas aconteceu que Deus me disse para trocar de lugar e eu concordei… mas, a partir desse momento, a minha vida nunca mais foi a mesma. Deus tinha transformado a minha vida em algo feliz e emocionante.

Mas, o que aconteceu desde que trocamos de lugar?

Percebi que, quando eu estava dirigindo, eu sabia o caminho e tudo era chato e previsível. Mas, quando Deus guiava, tudo era diferente… Ele conhecia lindos atalhos e subia as montanhas por lugares rochosos em alta velocidade… eu continuava sentado no selim e tudo era maravilhoso! O vento batia no meu rosto e que continuava a dizer: ‘pedala, pedala!’.

Por alguns momentos, me preocupei e, quando fiquei ansioso, perguntei: ‘Senhor, para onde está me levando?’Ele apenas sorriu e não respondeu. Entretanto, eu não sei como, comecei a confiar. Logo, eu me esqueci da minha vida chata e entrei na aventura. E, quando eu dizia: ‘Senhor, estou com medo’, Ele se voltava para trás, tocava a minha mão e, imediatamente, uma grande serenidade substituía o medo. Ele me levou a pessoas com os dons de que eu precisava, presentes de aceitação, cura e alegrias. Deram-me presentes para que eu levasse comigo ao longo do caminho.

Deus me disse: ‘Entregue os presentes. São bagagens a mais, muito peso’. Então, comecei a doar os presentes às pessoas que encontrávamos e percebi que era eu quem recebia, enquanto meu fardo se tornava mais leve. No começo, eu não confiava Nele, mas Ele conhecia os segredos da bicicleta, sabia como incliná-la para lidar com curvas fechadas, pular para superar lugares cheios de pedras, voar para encurtar os caminhos difíceis. E eu estou aprendendo a ficar calado e a pedalar nos lugares mais estranhos. Começo a apreciar o panorama ao redor e a brisa fresca no rosto com um maravilhoso companheiro de viagem: meu Deus. E, quando eu tenho certeza de que não vou aguentar mais, Ele apenas sorri e diz: ‘Não se preocupe. Eu guio, você pedala!’”.

 

É uma história que nos encoraja ao descanso confiante nos braços de Deus.

A vida é como pedalar uma bicicleta: você só cai se parar de pedalar.

 

Texto adaptado de autor desconhecido

Esporte, Saúde e Qualidade de Vida
Rafael Alexandre Schroder

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

  • Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

    Quer começar a pedalar?

    Por

    Se você está afim de começar a pedalar, mas está confuso com relação a qual modalidade...

  • Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

    Pedalei no Vale Europeu… Parte 2

    Por

    Dando continuidade ao nosso lindo e maravilhoso passeio contado inicialmente na última edição da Revista Paz,...

  • Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

    Pedalei no Vale Europeu… Parte 1

    Por

    No mês de fevereiro, realizei um dos meus sonhos: pedalar no Vale Europeu. E como esperado,...

  • Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

    Pedalar pode te fazer mais feliz do que o dinheiro

    Por

    Muitas pessoas acordam cedo todos os dias para ganhar dinheiro e… conquistar a felicidade. Porém, parece...

  • Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

    Harmonia no trânsito

    Por

    Sabemos que Marechal Candido Rondon é conhecida como a cidade das bicicletas, devido ao grande número...

Para o Topo