Conectado com

A importância de se falar inglês

Educação

A importância de se falar inglês

Por Jaqueline Barbosa Silva – Professora do Colégio Evangélico Martin Luther

A globalização torna o domínio da língua inglesa imprescindível no cenário atual. O inglês como língua universal é o idioma das viagens, dos negócios e dos estudos, sendo assim a língua de comunicação com o mundo todo. Foi-se o tempo em que o inglês era requisitado nas entrevistas corporativas ou aquisições de proficiências apenas como nível básico ou médio. Hoje, a língua é exigida com nível de fluência em todas as áreas.

Para se ter a fluência requerida, é necessário um estudo contínuo da língua em um tempo não determinado, pois a aquisição da fluência depende do desenvolvimento de cada aluno e dos profissionais que o acompanham neste processo. Sabe-se, contudo, que, quanto mais tempo estivermos em contato com a língua estrangeira, trabalhando com as quatro habilidades linguísticas (falar, ler, ouvir e escrever), mais rapidez e qualidade teremos na sua aquisição.

Há várias razões para se investir no aprendizado da língua inglesa. Entre as mais comuns, estão o crescimento acadêmico, oportunidades profissionais mais promissoras, a exploração da cultura e do entretenimento de outros países, entre outras tantas razões altamente positivas.

Pesquisas também mostram que o aprendizado de um novo idioma muda a estrutura do cérebro: ele afeta a parte cerebral responsável pela memória, tornando-o mais forte e versátil, além de tornar-se mais saudável na velhice. O ser bilíngue também nos dá mais qualidade de concentração e aprendizados em geral.

Então, se há a possibilidade de ser bilíngue, não hesite! Go on!

 

Educação

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Educação

Artigos Populares

Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

Mãe que pedala…

Papo de Homem

Pessoa poderosa

Turminha da Paz

Isabel e Zacarias

Para o Topo