Conectado com

“E disse: em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus”. Mateus 18:3

Letra de Mulher

“E disse: em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus”. Mateus 18:3

As crianças comem de três em três horas, alongam-se com frequência, dormem pelo menos oito horas por noite, acordam de bom humor, não se preocupam com o futuro, nem sofrem com o passado, sorriem com facilidade, por menor que seja o motivo. Enfim, fazem tudo o que os médicos recomendam que as pessoas façam para ter uma qualidade de vida melhor.

Na verdade, às vezes penso que elas nascem muito educadas, e nós é que as deseducamos à medida que o tempo passa.

As crianças nos amam pelo que somos. Não lhes importa raça, religião ou conta bancária. Amam como Jesus amou. Conversam com uma pessoa que acabaram de ver, mesmo que saiam sem saber o nome, onde mora e o que faz para ganhar a vida.

Jesus disse que para entrar no reino dos céus precisamos ser como crianças.

Crianças são dependentes de seus pais para praticamente tudo. Nós também precisamos ser dependentes de Deus em todas as áreas da vida.

Elas confiam plenamente em seus pais, seja para atravessar uma rua, seja para pular de um muro alto, seja para andar na completa escuridão. Se eles tiverem a certeza da presença do pai ou da mãe, não vão temer nada. Assim deve ser a nossa confiança em Deus.

O apóstolo Pedro disse que devemos buscar ao Senhor assim como um bebê recém-nascido busca pelo leite. “Desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação.” I Pedro 2.2.

Deseje ser como criança e tenha fé de que o Senhor dará tudo que for necessário e importante para o seu crescimento abençoado e saudável. David Quilan tem uma música que fala assim: “Quero ser como criança / Te amar pelo que és / Voltar à inocência / E acreditar em Ti”.

E então, querida irmã, você aceita o meu convite? Vamos deixar viver a nossa criança interior?

Quem quer ser criança quando crescer coloca o dedo aqui, que já vai fechar o abacaxi!

Qual foi a última vez que você amou como uma criança? Qual foi a última vez que você sentiu o vento levar seus cabelos, que você tomou um banho de chuva sem ser por acidente, ou que gargalhou rolando pelo chão?

Permita-se ser alegre, pura e amorosa como uma criança, e jogue-se nos braços do Pai.

Um abraço.

Letra de Mulher
Carla Schumann Nogueira

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Letra de Mulher

Artigos Populares

Semeando a Palavra

Dinheiro!

Refletindo

Somatização

Deus de Detalhes

Suas escolhas

Para o Topo