Conectado com

O sentido da minha existência

Pastores

O sentido da minha existência

Por Pastor Emerson Zielke

Quem somos? O que estamos fazendo aqui?

Estes são questionamentos que o ser humano tem feito desde o princípio de sua existência.

A pergunta sobre quem somos já foi tema dos grandes pensadores gregos (filósofos) como Sócrates, que ficou famoso pela frase: “Conhece-te a ti mesmo… Só sei que nada sei”.

Diferente dos animais, que são irracionais, o ser humano tem consciência de sua existência, o que o leva a se perguntar: quem sou? O que estou fazendo aqui?

Porém, esta resposta não encontramos em nós mesmos, mas Naquele que nos criou. A Bíblia nos ensina que somos resultado de um plano maravilhoso de Deus e não do simples acaso ou o resultado de um processo evolutivo de milhões de anos como a ciência quer acreditar. Claro que as breves linhas deste artigo não são suficientes para explanar sobre o assunto ciência e religião, por isso me atenho a vos escrever sobre o que a Bíblia nos ensina a respeito de nós. Primeiro, ela nos ensina que, diferente de todas as outras criaturas, fomos criados a imagem e semelhança do próprio Deus (Gn 1:27), dotados de corpo e alma, a fim de vivermos em perfeita comunhão com Ele no paraíso do Éden. No entanto, Deus deu ao homem a liberdade de decidir, de fazer suas escolhas e a oportunidade de provar sua lealdade; é por isso que Ele plantou no jardim do Éden a árvore do conhecimento do bem e do mal com a seguinte ordem: “Do fruto desta árvore não comereis, pois no dia em que dela comerdes certamente morrereis” (Gn 2:16-17).

Infelizmente, homem e mulher foram iludidos e seduzidos pelo diabo a desobedecerem esta ordem na intenção de se tornarem, como Deus, conhecedores do bem e do mal. Até então, eles só conheciam o bem, pois foram criados perfeitos.  No entanto, assim que desobedeceram a Deus, perceberam que aquele conhecimento do mal só lhes traria vergonha, medo, sofrimento e morte. Este ato infeliz de Adão e Eva é chamado de pecado. Pecado é um ato de rebelião contra Deus, é ofensa a Ele. O pecado separou o ser humano de Deus e o sentenciou à condenação eterna.

Por isso, caro leitor, viver longe de Deus é morrer, morrer para a vida, morrer para a felicidade, morrer para o propósito ao qual Deus nos criou que é o de viver com Ele em alegria e prazer eterno.

No entanto, por amor a mim, a você e a cada ser humano, Deus planejou um meio de Salvação. Esta Salvação se dá através da obra redentora de Jesus Cristo. É Nele que o plano de Deus para a nossa existência se renova e se estende para toda a eternidade.

Que Deus Espírito Santo nos conduza sempre Àquele que é o Caminho, a Verdade e a Vida, Cristo Jesus.

Abraço e fiquem sempre com Deus.

Pastores

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Pastores

  • Pastores

    Startups e Deus

    Por

    Por Pastor Alfredo Bischoff Faz algumas décadas que o mundo se conectou geral. As pessoas têm...

  • Pastores

    É o apocalipse?

    Por

    Por Pastora Sandra Helena Fanzlau Essa pergunta me foi feita diversas vezes neste último ano. Em...

  • Pastores

    Como triunfar sobre as dificuldades da vida

    Por

    Por Reverendo José Roberto de Souza    “Jabes foi mais honrado do que seus irmãos. Sua mãe lhe...

  • Pastores

    Coronavírus (COVID-19). E agora?

    Por

    Por Pastor Adimar Pufal João 16:33 “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em...

  • Pastores

    Planos estabelecidos

    Por

    Por Ev. Fausto Freitas Provérbios 16:1-3: “Do homem são as preparações do coração, mas do Senhor,...

Para o Topo