Conectado com

“Bem-aventurados os misericordiosos, pois obterão misericórdia”. Mateus 5:7

Enquete

“Bem-aventurados os misericordiosos, pois obterão misericórdia”. Mateus 5:7

Em 10 de agosto, comemora-se o Dia Mundial da Solidariedade Cristã. Você, como cristão, é solidário? O que faz pelo próximo? Como vê a importância de colocarmos atitudes de ajudar o próximo no nosso cotidiano?

Conversamos com três entrevistados para saber a opinião deles a respeito deste importante tema. Confira:

 

Como cristão, de que formas podemos demonstrar solidariedade?

 

Michelli Sobreiro, 27 anos

“Como cristã, entendo que solidariedade é uma forma de viver e espalhar o amor de Cristo através de simples gestos e atitudes; é a forma de refletir a Luz de Cristo nesse mundo tão escuro e uma evidenciação da nossa fé. Solidariedade é um ato de bondade e compreensão com o próximo, doando sangue, roupas, alimentos, auxiliando financeiramente… são inúmeras as formas e maneiras de demonstrá-la. No entanto, na sociedade capitalista em que vivemos, creio que a maior atitude que podemos exercer é a empatia, sentir a dor do próximo, abraçar, fazê-lo se sentir importante e principalmente, amado. E pode ter certeza que com essa atitude, quem mais recebe é quem doa”.

 

Sergio Raul Schone, 44 anos

“Acredito que a solidariedade é um conjunto de sentimentos e atitudes nas quais o ser humano deixa de lado aquilo que é importante para ele, e passa a depositar o seu tempo e esforço nas necessidades do seu próximo. Talvez um dos mais nobres comportamentos que a humanidade tem ao seu dispor, é exemplificado diversas vezes por Aquele que mais a usou: O Nosso Salvador Jesus Cristo. Penso que podemos demonstrar a solidariedade em atos simples, como uma boa conversa, um abraço, uma oração, mensagens; como também em atitudes que exigem um pouco mais, como campanhas de doações, acompanhamentos em casos mais complexos envolvendo saúde ou questões espirituais. Mas o ingrediente fundamental de tudo isso é o amor pelo próximo… o mesmo sentimento que levou Cristo a ser cravado e morto na cruz, na condição de nos salvar da morte e nos conduzir a Deus”.

 

Dulce Ullmann de Oliveira, 47 anos

“Para ser solidário, acredito que em primeiro lugar, precisamos amar o próximo, porque não podemos ser solidários com alguém se não tivermos ‘amor, principalmente o amor sem interesses’. Ser solidário é se importar com os outros, ajudar as pessoas que têm algum tipo de necessidade ou que se sentem desamparadas, independentemente de sua classe social ou condição em que vive. A parábola do bom samaritano dá exemplo disso, demonstrando que não se deve fazer acepção de pessoas para ser solidário. O maior exemplo de solidariedade foi Jesus Cristo, que se importou com a humanidade tanto nas suas necessidades espirituais como físicas, nos dando a maior prova de amor e solidariedade, entregando Sua vida por nós”.

 

Enquete

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Enquete

Artigos Populares

Semeando a Palavra

Dinheiro!

Refletindo

Somatização

Deus de Detalhes

Suas escolhas

Para o Topo