Conectado com

Depois da tempestade, vem a bonança

Sintonia com Deus

Depois da tempestade, vem a bonança

A música “Meu Barquinho”, da cantora Giselli Cristina, gravada em 2010, foi composta para o público infantil, mas conquistou o gosto também dos adultos. Esta canção começa com a frase “O vento balançou, meu barco em alto mar…” Eu, realmente, nunca estive em um barco em alto mar, e não sei dizer qual é a sensação de ter o vento quase afundando uma embarcação. A experiência mais próxima disto foi recentemente, quando adentramos com fortes ventos, com uma jangada a um quilometro da margem na praia de Cumbuco (CE).

Mas sempre que ouço esta canção, logo recordo do episódio vivido por Jesus e os discípulos relatado em Mt. 8:23-27; Mc. 4:35-41 e Lc. 8:22-25, quando “sobreveio no mar uma grande tempestade” (cf.Mt. 8:24).

Você sabe como acontecem as tempestades? Segundo o site Brasil-Escola: “A formação da tempestade acontece por uma separação entre nuvens. As nuvens mais altas são carregadas com carga positiva, enquanto as mais baixas possuem cargas negativas, o que induz a superfície terrestre a uma carga também positiva, criando entre ambas um campo elétrico”.

Trazendo isto para nossa vida, quais as cargas que temos carregado, que por vezes causam choques e até descargas, ocasionando ‘tempestades’? Muitas pessoas têm andado carregadas e até sobrecarregadas, porém Jesus diz: “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso” (Mt. 11:28 – NVI).

Voltando ao episódio de Jesus com os discípulos no Mar da Galiléia, vemos que “Jesus, repreendeu o vento e a fúria da água. Tudo cessou e veio a bonança” (cf.Lc. 8:24).

Segundo o dicionário Aurélio, “bonança” significa: “Bom tempo no mar, tempo favorável à navegação”.

Uma das utilizações mais comuns da palavra bonança é no ditado popular “Depois da tempestade vem a bonança”. Este ditado popular significa que na vida, depois de situações ou fases complicadas, vem um tempo de felicidade e sossego.

Quando Jesus está em nosso barco (vida), sabemos que as tempestades virão sim, porém nosso Senhor que ordena e até o vento e mar obedecem (cf. Mt. 11:41), nos mantém em segurança e nos conduz a uma vida de bonança. O próprio Jesus declarou: “eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância”. (cf. Jo.10:10 b).

No mundo, passaremos por tempestades (aflições, cf.Jo. 16:33), contudo Jesus nos prepara um lugar de bonança (cf. Jo.14:3), após as tempestades que passamos.

Assim, enquanto passamos pelas tempestades deste mundo, podemos cantar o trecho de outra música, esta interpretada pelo cantor PG, que diz: “Louvarei na tempestade. Levantarei minha voz. Pois sei quem você é”.

Quando sabemos quem é o nosso Senhor, e sabemos que Ele comanda ventos, céus e mares, podemos louvá-lo em períodos de bonança e também nas tempestades.

Louve o Senhor em todas as situações, e Ele estará conduzindo o barco de sua vida!!

Sintonia com Deus
Vanderlei Britzke

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Sintonia com Deus

  • Sintonia com Deus

    Vale OURO…

    Por

    Em campeonatos, muitas vezes, ouvimos o narrador ou comentarista dizer: “Este lance vale Ouro!!” ou “Esta...

  • Sintonia com Deus

    Qual é sua religião?

    Por

    Se eu fizer esta pergunta aos leitores, obterei variadas respostas, como católico, luterano, batista, congregacional, quadrangular,...

  • Sintonia com Deus

    O Príncipe de Cavalo Branco

    Por

    Quem é pai de menina (no meu caso, de duas), provavelmente já sentou no sofá para...

  • Sintonia com Deus

    Parecido com a mãe…

    Por

    Você é parecido (a) com sua mãe? É muito comum vermos crianças pequenas, ou até jovens...

  • Sintonia com Deus

    a.C / d.C

    Por

    Você certamente já deve ter visto, principalmente em livros de história, as inscrições ‘a.C’ e ‘d.C’....

Para o Topo