Conectado com

Semeando a Palavra

Servir

“Pois qual é maior: quem está à mesa ou quem serve… porventura, não é quem está à mesa… eu, porém, entre vós, sou como aquele que serve” Lucas 22:27

Diz um ditado popular, que “quem não vive para servir, não serve para viver”.

Creio que esta verdade se aplica a todos os salvos em Cristo, porque fomos salvos para servir a Deus e ao próximo. E, o que dá sentido à nossa vida cristã, é o serviço que prestamos ao Senhor.

Quando em Mateus 20:20-28, Jesus responde à ambição de Tiago e João, sobre o assentar-se ao seu lado no seu Reino; faz menção dos poderosos da Terra, que dominam sobre as gentes, referindo-se que em todos os lugares e em todas as épocas, os homens sentem-se honrados quando servidos, e julgam que é a maior desonra servir.

Em seguida, Jesus revela aos seus discípulos um sentido paradoxal de grandeza, que ser grande em seu Reino é ser servo.

Se você quiser realmente ser grande, a direção que deve seguir é descendente. “Você deve descer para a grandeza” (Bill Hybels).

Neste artigo, mostraremos que Jesus nos ensina a servir:

 

Pelo exemplo

Em João 13, Ele, tomando uma toalha e uma bacia, lava os pés de seus discípulos. Não foi coagido a fazer, mas em completo desprendimento e amor pelos seus, ensina-nos pelo exemplo a grandeza de ser servo.

Nunca se viu em nosso meio evangélico, tanta promoção pessoal, estrelismo, competições, cultos antropocêntricos (quando o homem é o centro), etc.

 

A servir por amor

A melhor resposta que temos da linda atitude de Jesus em lavar os pés dos seus discípulos (Jo. 13), está no versículo 1: “Tendo amado os seus, amou-os até o fim…” Jesus nos ensina que o serviço deve ter como motivação o amor, caso contrário, será mera obrigação. A essência do serviço cristão é o amor.

 

A servir com humildade

Serviço e humildade, normalmente, não andam juntos no cotidiano de muitos. A competição pelos melhores postos e a busca pelo aplauso e reconhecimento, sem dúvida, é a proposta mais aceita por aqueles que priorizam seus interesses.

Jesus viveu a humildade que pregou. Quando o apóstolo Paulo insistiu com os cristãos de Filipos para servirem uns aos outros, ele fez menção da vida de Jesus e lembrou aos amigos, a verdadeira fonte de sua força: “Cada um os outros superiores a si mesmo; não tenha cada um em vista o que é propriamente seu, senão também cada qual o que é dos outros (Fp 2:3,4)”.

Como fazer isso? …perguntaram-se os leitores.

Paulo respondeu: “Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus (Fp 2:5)”.

 

Semeando a Palavra
Pastor Vicente Mariano - Assembleia de Deus MCR

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Semeando a Palavra

  • Semeando a Palavra

    Pilares da Vida Cristã

    Por

    A conduta do cristão se desenvolverá em plena harmonia com a Palavra de Deus e a...

  • Semeando a Palavra

    O poder da oração

    Por

    As intervenções miraculosas de Deus são inegáveis na vida da Igreja. O poder da oração fervente...

  • Semeando a Palavra

    Três bênçãos indispensáveis para o Ano Novo

    Por

    Caro leitor, aproxima mais um final de ano e com ele duas grandes datas importantes a...

  • Semeando a Palavra

    Paz…

    Por

    Nunca ouvimos falar tanto dela como nestes últimos dias. Isso é maravilhoso, tendo em vista que...

  • Semeando a Palavra

    O que é Graça?

    Por

    1. Graça é um favor não merecido. É dar algo de valor a quem não merece,...

Para o Topo