Conectado com

Já arrumou seu quarto?

Rasgando a Bíblia

Já arrumou seu quarto?

Esses tempos atrás, escutei uma pequena história que me chamou muito atenção e quero compartilhar com vocês:

“Certo dia um pai resolve fazer uma visita ao quarto de seu filho; vendo que o quarto se encontrava em plena desordem, chamou seu filho e disse: ‘Filho querido, dei uma passada em seu quarto e me assustei ao ver o estado dele, vá arrumar seu quarto!’ O filho sabendo da sua bagunça, logo dirigiu-se ao seu quarto, mas após 15 minutos já retornou ao seu pai dizendo: ‘Pai, decorei o que você falou. VAI ARRUMAR O SEU QUARTO!’ O pai solta um sorriso de canto e responde: ‘Muito bem filho, parabéns, mas e aí? Você arrumou o seu quarto’? E ele diz: ‘Ainda não, pai’. O filho volta ao seu quarto onde gasta mais uma hora lá, voltando ao seu pai diz: ‘Pai, pai, você não vai acreditar, eu fiz uma música com o que você disse, olha só: Vaaaaiii arrummaaar seu quartôôô ôôô ôôô! Legal né?’ O pai admirado responde: ‘Nossa filho, muito bom mesmo! Mas… você arrumou o seu quarto?’ E o filho: ‘Ainda não, pai, mas agora estou cansado, é tarde, preciso fazer minhas tarefas da escola’. No outro dia após a aula, o filho chega todo animado para seu pai e diz: ‘Pai, você não vai acreditar! Na hora do recreio eu e meus amigos fizemos uma discussão de como arrumar o quarto e eu falei para eles da importância de sempre deixar o quarto organizado’; O pai responde: ‘Woow, que legal filhão, muito boa a sua atitude, mas e você já arrumou o seu quarto?’”

Não preciso nem finalizar a história para você saber que o filho ainda não havia arrumado o seu quarto, não é? É claro que teria várias outras desculpas: ainda não deu tempo, estava preparando o material da discussão de como arrumar o quarto, tive que ir na casa do amiguinho, estava cansado, sou apenas uma criança, tenha calma comigo. Podemos constatar nesta história que as mesmas desculpas usadas nela para deixar ou protelar uma ordem, são usadas em nossas vidas também; sempre existe um problema, e o engraçado que o problema nunca somos nós, nunca é a própria pessoa, e sim uma terceira pessoa, coisa ou situação.

Podemos perceber que rasgamos a Palavra de Deus todas as vezes que decoramos ela, cantamos ela em canções maravilhosas, pregamos ela para outras pessoas e para os que já a conhecem, mas na prática somos automaticamente ignorantes em viver essas verdades.

Você já passou ou está passando por isso? Lhe convido a examinar a sua vida encontrando falhas e com ajuda de pessoas e Deus não só ler, cantar e pregar, mas acima disso: VIVER.

Arrumar o quarto é um exercício para todos e deve ser praticado com frequência.

 

 

Rasgando a Bíblia
Jean Michell Lange

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Rasgando a Bíblia

Artigos Populares

Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

Mãe que pedala…

Papo de Homem

Pessoa poderosa

Turminha da Paz

Isabel e Zacarias

Para o Topo