Conectado com

A oferta que Deus aceita – Nossa oferta deve ter a marca da gratidão

Semeando a Palavra

A oferta que Deus aceita – Nossa oferta deve ter a marca da gratidão

O bendito ato de dar é o resultado de um coração agradecido a Deus por suas bênçãos. Costumo dizer que a oferta que agrada a Deus é a materialização de nossa gratidão. Se nossa oferta não traz a marca da gratidão, ela se torna ineficaz diante de Deus. Observemos algumas faces desta nobre virtude: a gratidão.

 

A gratidão é a memória do coração

Os ingratos sofrem de amnésia espiritual, porque não possuem memória no coração. Consideremos que o culto levítico na Antiga Dispensação: não tinha apresentações musicais, nem corais, nem vocais, nem solos; não havia nem pregação.  Mas, todo culto se resumia em ofertas: ofertas pacíficas, ofertas pelo pecado, ofertas de primícias do fruto da terra e de animais.

Tudo o que era trazido para a Casa de Deus tinha como objetivo: agradecer a Deus. Creio que seríamos mais abençoados se ofertássemos e dizimássemos movidos por profunda gratidão ao Senhor.

São felizes os crentes que oferecem a Deus sua oferta como sacrifício de ação de graças, como fazia o rei Davi, que dizia: “Bendize ó minha alma ao Senhor, e tudo o que há em mim, bendiga o Seu Santo Nome” (Sl 103:1).

 

A Gratidão precede a multiplicação

Há crentes que não provam a bênção da multiplicação em seus rendimentos, porque são ingratos a Deus.  Jesus antes de multiplicar os cinco pães e dois peixes, nos ensina que não pode haver multiplicação sem antes haver gratidão: “E Jesus tomou os pães e, havendo dado graças, repartiu-os pelos discípulos, e os discípulos, pelos que estavam assentados; e igualmente também os peixes, quanto eles queriam” (Jo 6:11).

Crentes ingratos passam pela vida sem verem o poder multiplicador da bênção de Deus. Mas, o agradecido, vivencia a cada partir do pão, o milagre da multiplicação (1 Ts 5:18) (Cl 3:17).

É interessante como Deus trabalha na vida de quem é a Ele agradecido, pois quando agradecemos as bênçãos recebidas (Sl 103:1,2), estamos preparando o caminho para mais bênçãos. Deus vê o coração agradecido como o solo mais fértil para seus gloriosos investimentos.

Deus trabalha assim: a gente agradece e recebe; recebe e agradece; e porque agradece, continua recebendo.  Bendito ciclo.

No milagre que Jesus operou purificando dez leprosos de uma só vez, (Lc 17:11-19), Jesus não desejava apenas curá-los fisicamente, mas também salvar suas preciosas almas. Os dez foram curados, porém nove receberam apenas a cura para seus corpos; um que tinha o coração cheio de gratidão, voltou para render-lhe graças. Nove receberam apenas a cura física, este outro foi duplamente abençoado: foi curado da lepra completamente e foi salvo pelo poder de Deus.

Voltemos sempre ao Senhor para agradecer-lhe, e não tenham dúvidas que, ao assim proceder, mais bênçãos receberemos.

 

Semeando a Palavra
Pastor Vicente Mariano - Assembleia de Deus MCR

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Semeando a Palavra

Artigos Populares

Para o Topo