Conectado com

Harmonia no trânsito

Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

Harmonia no trânsito

Sabemos que Marechal Candido Rondon é conhecida como a cidade das bicicletas, devido ao grande número de ciclistas que usam suas bikes todos os dias, seja para trabalho, esporte ou lazer.

Mas conviver dividindo espaço com carros, motos e pedestres nem sempre é tarefa fácil.

Ciclistas, motoristas e pedestres podem aprender alguns princípios fundamentais para termos nossas ruas mais seguras e amigáveis. Todos precisam estar sincronizados para podermos transitar em harmonia pela cidade. Respeitar as regras é tão essencial quanto compreendê-las.

Preparamos algumas dicas para ciclistas e motoristas conviverem em harmonia no trânsito. A atitude de cada um é uma questão de escolha, porém quando todos buscam o mesmo objetivo, a convivência tende a melhorar. Quanto melhor a convivência, melhor a qualidade de vida e assim, a cidade torna-se um lugar melhor para viver. Quem faz uma cidade boa para viver são seus próprios cidadãos, portanto cada um deve fazer a sua parte.

Vamos às dicas:

– Use sempre capacete! Um pequeno impacto é capaz de causar grandes danos. A cabeça é a parte mais sensível em caso de acidentes. O capacete pode salvar sua vida!

– Use a ciclovia! Nossa cidade possui ciclovias, mas nem sempre é possível pedalar apenas pelas ciclovias e muitas vezes, o ciclista se vê obrigado a andar na rua e dividir o espaço com os carros, mas se tiver ciclovias, use elas sempre.

– Ande sempre na mão dos carros! A mesma mão que vale para o carro, vale para a bicicleta. Pedalar contrário aos carros prejudica o motorista e aumenta os seus riscos. Lembre-se sempre: na contramão não!

– Cuidado: o motorista pode não estar vendo a sua bike! Os motoristas usam a visão periférica para perceber se podem fazer conversões e seguir em frente em cruzamentos. Bicicletas, por serem menores, não são vistas com facilidade, então tome cuidado principalmente com ônibus e caminhões que têm muitos pontos cegos, principalmente perto dos espelhos retrovisores. Se precisar, reduza e só siga quando estiver seguro.

– Cuidado com a abertura de portas com carros estacionados! Um dos acidentes mais comuns envolvendo ciclistas e automóveis acontece quando os veículos estão parados. Esteja atento aos movimentos no interior dos veículos e evite passar muito perto dos carros estacionados.

– Nunca ande nas calçadas! A calçada é do pedestre e devemos respeitar. Se for necessário, empurre a sua bicicleta.

– Sinalize com a mão as conversões que irá fazer! A bicicleta não possui setas, por isso informe com as mãos o que pretende fazer e torne o seu movimento mais previsível. Virar à direita, mão à direita. Virar à esquerda, mão à esquerda. É simples, experimente!

– Se for pedalar à noite, sempre use sinalizadores e faróis! Isso ajuda a se tornar visível para veículos e mostra o caminho que você deve seguir.

Bom pedal a todos!

O Respeito começa a partir do momento que estamos respeitando. Seja a mudança que espera dos outros. Contribua para uma vida com mais harmonia e uma mobilidade mais sustentável.

Esporte, Saúde e Qualidade de Vida
Rafael Alexandre Schroder

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

  • Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

    Pedalar durante a pandemia

    Por

    Minha relação com a bicicleta vem de longa data: são quase 20 anos trabalhando nesse ramo...

  • Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

    A bicicleta de Deus

    Por

    Em uma noite quente de verão, um jovem foi falar com um velho sábio: “Mestre, como...

  • Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

    Quer começar a pedalar?

    Por

    Se você está afim de começar a pedalar, mas está confuso com relação a qual modalidade...

  • Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

    Pedalei no Vale Europeu… Parte 2

    Por

    Dando continuidade ao nosso lindo e maravilhoso passeio contado inicialmente na última edição da Revista Paz,...

  • Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

    Pedalei no Vale Europeu… Parte 1

    Por

    No mês de fevereiro, realizei um dos meus sonhos: pedalar no Vale Europeu. E como esperado,...

Para o Topo