Conectado com

Você confia? Mesmo?

Recarga

Você confia? Mesmo?

“Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas”. Provérbios 3:5-6

Nós somos cercados pela fidelidade de Deus! A bondade e a misericórdia correm atrás daqueles que Nele confiam! A maior prova disso é a Salvação proposta por Jesus; mesmo sem merecermos, Ele nos amou e se entregou, para que pudéssemos ser livres. Juntamente com esse grande presente, concedido pela graça de Deus, podemos contar com a provisão diária, a saúde, o trabalho, a família, amigos e tantas coisas pelas quais precisamos ser gratos, que nem poderíamos contar.

Mesmo assim, existem momentos em que nossa confiança Nele é testada e muitas vezes, abalada. Somos humanos, sujeitos a situações adversas, mas mesmo em meio a inesperadas situações de sofrimento, é possível permanecer com nossa confiança no Senhor inabalada.

Não se trata de uma confiança exterior, de palavras de confiança, mas da confiança do coração, aquela que frutifica na “paz que excede todo entendimento”, mesmo quando ninguém entende porque estamos tranquilos e assim mesmo podemos usufruir da paz de Deus. Isso não é ilusão, utopia, religião ou pensamento positivo, mas a realidade prática que Deus quer pra minha e para a sua vida. Isso não se baseia naquilo que os homens podem suprir, mas no conhecimento de Deus.

Muitas vezes, acontecem situações em nossa vida para as quais alternativas humanas se esgotam: problemas no trabalho, desemprego, desavenças familiares, doenças, perdas, catástrofes, problemas nos relacionamentos e tantas outras coisas. Nesses momentos, nossa confiança em Deus é verdadeiramente testada. E também nas vezes quando tudo está tão calmo, que parece que somos “o máximo” e aparentemente não precisamos de nada nem de ninguém.

Em quem realmente confiamos? Em nossas forças? Em nossos empregos? Na família? No dinheiro? Será que, diante de tamanha fidelidade e amor de Deus, nosso coração tem permanecido confiante?

Uma característica marcante daquele que confia em Deus é sua profunda ligação com Ele e um conhecimento de quem Ele é. Ou seja, além de estar próximo de Deus recebendo a Jesus, busca ter profundidade em seu relacionamento com Ele.  Não podemos ser superficiais e termos nossas orações do estilo: “oi tudo bem? Me abençoa, amém!”.

O convite do Senhor é este: “Assim, aproximemo-nos do trono da graça com toda a confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça que nos ajude no momento da necessidade”. Hb 4:16

Essa intimidade e conhecimento é que proporcionará as condições necessárias para resistir, mesmo em meio à seca, tempestade, tribulação, ou qualquer outra metáfora que usarmos para definir nossos sofrimentos.

É interessante notar que, da mesma maneira que a ligação com Deus é característica daquele que confia Nele, o afastamento do Senhor marca a vida das pessoas que até acreditam em Deus, mas vivem como se Ele não existisse.

Como anda seu relacionamento com Deus? Está se ligando ou se afastando? O Senhor te convida a dar a Ele um voto de confiança, a entregar sua vida inteira a Ele, entregar suas preocupações, seus problemas, suas derrotas, suas dúvidas. Deus é fiel e digno de confiança!

 

Recarga
Thiago Rodrigo Smaniotto - Pastor da Igreja Evangélica A Verdade que Liberta

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Recarga

  • Recarga

    “O olhar de Jesus”

    Por

    “O Senhor voltou-se e olhou diretamente para Pedro. Então Pedro se lembrou da palavra que o...

  • Recarga

    A graça que te sustenta

    Por

    “Minha graça te basta, pois meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. 2 Coríntios 12:9   O...

  • Recarga

    Quando o fraco vira forte

    Por

    “Mas Deus escolheu o que para o mundo é loucura para envergonhar os sábios, e escolheu...

  • Recarga

    Três razões para perdoar

    Por

    “Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como...

  • Recarga

    Ano novo e vida nova!

    Por

    “Esqueçam o que se foi; não vivam no passado. Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela...

Para o Topo