Conectado com

Pastores

Nossa Identidade

Por Pastor Farnei Everaldo Thiele

Lucas 3:22: “E o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea, como pomba; e ouviu-se uma voz do céu, que dizia: Tu és o meu Filho amado, em quem tenho todo prazer”.

Lucas 4:1-3: “E Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto; e quarenta dias foi tentado pelo diabo, e naqueles dias não comeu coisa alguma; e, terminados eles, teve fome. E disse-lhe o diabo: Se tu és o Filho de Deus, dize a esta pedra que se transforme em pão”.

 

Uma das nossas maiores crises é a crise de identidade. Não sabemos quem somos, ou quando achamos que sabemos estamos sempre tentando provar a nós mesmos, aos que estão ao nosso redor e ao mundo, quem somos e o que somos e isso nos torna presas fáceis das pressões externas.

Por detrás de roubos e sequestros, está uma crise de identidade; por detrás das modas e das grifes, está uma crise de identidade; por detrás daqueles que consomem drogas, está uma crise de identidade; porque as pessoas só acham que vão ser respeitadas, valorizadas como seres humanos, se estiverem provando o tempo todo que podem.

O que está em jogo no texto bíblico acima citado é a Identidade de Jesus.

A experiência que Jesus tem antes da tentação é o Batismo. Quando Deus disse para Jesus quem Ele era. “Tu és o meu Filho amado, em quem tenho todo o prazer”.

Quando o diabo encontra Jesus no deserto, ele vai colocar em xeque não o que Deus disse, mas o quanto Jesus acredita naquilo que Deus disse.

Jesus não precisava de uma prova maior que a Palavra de Deus.

Jesus venceu as tentações e as pressões porque que sabia quem era.

Jesus venceu porque não precisava ter todo o objeto de desejo.

Jesus não seria presa do sistema que vivemos: consumista, acumulacionista  e dos modismos.

 

Algumas lições que Jesus nos ensina:

1 – Ter a nossa identidade assegurada de tal maneira que nada nem ninguém nos arraste.

2 – O fato de ser filho de Deus não significa que eu precise de tratamento especial o tempo todo e que todas as minhas necessidades precisem ser supridas o tempo todo.

3 – O que eu sou não depende do que as pessoas acham ou pensam de mim.

4 – Deixe que a sua identidade se sustente apenas e tão somente no seu relacionamento com Deus.

5 – Deixe que apenas Deus diga quem você é.

6 – Abra mão das tentações e pressões para formar a sua identidade.

7 – Veja-se a si mesmo a partir daquilo que Deus diz de você e o que Deus diz de você basta, é suficiente.

8 – Chegue a um nível de comunhão com Deus de maneira que a Palavra de Deus seja o teu alimento.

9 – Sinta-se feliz consigo mesmo em qualquer ambiente e em qualquer situação.

10 – Não permita que sua identidade dependa de qualquer outro relacionamento a não ser do seu relacionamento com Deus.

 

Faça como Jesus, não seja dirigido pelas expressões: hosana, hosana ou crucifica-o, crucifica-o e sim que no seu coração ecoe a voz do Pai que diz: você é o meu Filho amado em quem tenho todo prazer.

Deus te abençoe, filho amado e filha amada do Pai. Abraço fraterno.

 

 

Pastores

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Pastores

  • Pastores

    Startups e Deus

    Por

    Por Pastor Alfredo Bischoff Faz algumas décadas que o mundo se conectou geral. As pessoas têm...

  • Pastores

    É o apocalipse?

    Por

    Por Pastora Sandra Helena Fanzlau Essa pergunta me foi feita diversas vezes neste último ano. Em...

  • Pastores

    Como triunfar sobre as dificuldades da vida

    Por

    Por Reverendo José Roberto de Souza    “Jabes foi mais honrado do que seus irmãos. Sua mãe lhe...

  • Pastores

    Coronavírus (COVID-19). E agora?

    Por

    Por Pastor Adimar Pufal João 16:33 “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em...

  • Pastores

    Planos estabelecidos

    Por

    Por Ev. Fausto Freitas Provérbios 16:1-3: “Do homem são as preparações do coração, mas do Senhor,...

Artigos Populares

Para o Topo