Conectado com

Sobre futebol, Deus e Sua fidelidade

Pastores

Sobre futebol, Deus e Sua fidelidade

Por Pastor Maiko Müller

Final do campeonato, depois daquele jogo emocionante. O time vencedor dá a volta triunfal ao redor do campo e vibra com a galera. A torcida e os jogadores do time adversário, no entanto, estão claramente decepcionados e deixam o campo. Do meio do time campeão então, como sempre, surge um jogador com uma camisa estampada: “Deus é fiel”.

Você já viu alguma cena assim?

É importante quando as pessoas declararam sua fé abertamente, pois o mundo precisa saber que Deus nos ama e é fiel para nos salvar. Mas, creio que o contexto onde normalmente frases do tipo “Deus é fiel” são estampadas, não é o mais adequado. Por que a camisa com este dizer é mostrada somente quando se ganha o campeonato? Na derrota, normalmente elas ficam escondidas.

Deus é fiel somente quando se ganha? E quando não se ganha, significa que Ele foi infiel? Serão as vitórias e a fidelidade de Deus para comigo frutos da minha oração sincera? Assim fosse, haveriam somente jogos com ganhadores, ou empatados.

Este entendimento da fidelidade divina nos leva a uma visão limitada da vida, que não compreende toda a verdade bíblica, e nos traz dificuldades em nosso relacionamento com Deus. O que significa realmente o fato de que “Deus é fiel”? Segundo a fé popular, somente ganhar é de Deus. Na derrota ou no sofrimento, Deus não tem parte.

No livro de Atos dos Apóstolos, temos o relato da prisão de dois dos discípulos de Jesus pelo rei Herodes. O primeiro deles foi Tiago, irmão de João, que foi executado a espada. O outro discípulo apreendido foi Pedro, que poucos dias depois foi libertado da prisão milagrosamente (Atos 12:1-11).

Neste relato, podemos aprender que a fidelidade divina não se define a partir das situações que passamos em nossa vida. Não podemos dizer que Deus foi fiel com Pedro e infiel a Tiago. Ambos eram pessoas de fé e faziam parte do círculo de amigos mais chegados de Jesus. Ele foi fiel a ambos, pois a fidelidade divina é relacionada à Salvação da pessoa. Deus é fiel para cumprir Seu plano, ou seja, nos livrar da separação eterna Dele. Portanto, nem vitória e nem derrota nas circunstâncias da vida, podem ser classificados como fidelidade de Deus, pois sua fidelidade se relaciona a algo maior.

Deus é fiel a Ele mesmo e à sua própria Palavra. A segurança de nossa Salvação se baseia na verdade de que Ele não muda suas promessas conforme seu humor ou conforme as nossas atitudes (2 Timóteo 2:11-13). Em 1 João 1:9 lemos que Ele é fiel e justo para perdoar nossos pecados, quando nós reconhecemos que pecamos. Deus irá fazer o que Ele disse fazer. Esta é sua fidelidade (Hebreus 10:23).

Pastores

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Pastores

Artigos Populares

Esporte, Saúde e Qualidade de Vida

Mãe que pedala…

Papo de Homem

Pessoa poderosa

Turminha da Paz

Isabel e Zacarias

Para o Topo