Conectado com

Você tem fome de quê?

Pastores

Você tem fome de quê?

Por Pastor Farnei Everaldo Thiele

Mateus 6:11 – O pão nosso de cada dia nos dá hoje. A interpretação mais usual que temos desse versículo diz que nós estamos pedindo o pão, enquanto provisão para as necessidades cotidianas, especialmente para o nosso corpo físico. Mas cremos que Jesus está falando de pão como um símbolo de uma realidade muito maior e abrangente. Ele está falando de uma fome mais profunda e essencial, poderíamos chamar de fome espiritual. Palavras de Jesus em Mateus 4:11: “Nem só de pão viverá o homem mas de toda a Palavra que procede da boca de Deus” e em João 6:35. “Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede”. Só Jesus pode saciar a fome da nossa alma. Enquanto você não comer de Jesus, o pão da vida e se satisfizer Nele, na essência última de seu ser, você pode comer de tudo que é pão, mas nunca vai matar a sua fome. Porque a única coisa que mata a nossa fome é Jesus, o pão que desce do céu.

E há muitas pessoas com fome, cada vez mais, cada vez, mais. E Jesus, muitas vezes, de fora dizendo: “Me deixe matar a sua fome, Me deixe entrar aí e mediar a sua relação com todas as coisas que você acha que vão te satisfazer um dia, Me deixe estar presente na sua vida”. Enquanto você não comer do pão do céu, sempre vai correr atrás de mais alguma coisa. Agora, quando você sentir fome, ajoelhe-se e diga: “Deus, estou com fome, me dá o pão que desceu do céu, mata a minha fome”. Não interessa se a sua fome é física, psíquica ou espiritual. Alguma necessidade apontou no seu coração, ajoelhe-se e diga o seguinte: “Deus me dá o pão do céu, eu preciso de consolo; Deus me dá o pão do céu, eu preciso de sabedoria; Deus me dá o pão do céu, eu preciso agora de um abraço desesperadamente; Deus me dá o pão do céu, eu preciso do Teu perdão, o Senhor pode me dar”.

Santo Agostinho disse: “Fizeste-nos, Senhor, para ti, e o nosso coração anda inquieto enquanto não descansar em ti”. Que você aprenda a se ajoelhar e dizer: “Meu Pai, hoje é dia de fome, eu preciso do pão do céu”.

Deus te abençoe. Abraço fraterno.

 

Pastores

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Pastores

  • Pastores

    Espinho

    Por

    Por Pastora Mariana Wild Desde que o mundo é mundo, o homem atravessa lutas e dificuldades....

  • Pastores

    O peso da culpa

    Por

    Por Pastor Farnei Everaldo Thiele [Eu tenho por certo que todos nós, ou pelo menos a...

  • Pastores

    Como saber se sou mesmo um cristão?

    Por

    Por Pastor Thiago Rodrigo Smaniotto Um cristão é alguém que entendeu que existe por causa de...

  • Pastores

    Sagacidade e ingenuidade

    Por

    Por Pastor Dorival L. Seidel Tem de haver um equilíbrio muito grande entre a sagacidade e...

  • Pastores

    Fomos criados para cumprir um Propósito

    Por

    Por Pastor William Dornellas Muitos vivem a vida hoje sem entender porque existem! Muitos têm uma...

Artigos Populares

Para o Topo