Conectado com

A gratidão que integra

Anos Dourados

A gratidão que integra

Seu mal-agradecido! Anos atrás, isso era um xingamento forte, não é mesmo? Hoje em dia, há um incentivo exagerado ao “Você pode! Você consegue! Você tem direito! Você merece!” Não estou querendo dizer que devamos nos considerar inúteis, incapazes e sem direitos. Falo do exagero. E de esquecermos o outro lado: que temos limites, que dependemos também de Deus e de outras pessoas, que temos deveres e que precisamos ser humildes.

Se penso e ajo unilateralmente conforme os “você pode… consegue… direito… merece”, serei muito mal-agradecido. Quando reconheço que eu posso, mas sempre preciso de Deus e, na maioria das coisas, também de outras pessoas; quando reconheço que do tamanho do meu direito e do meu privilégio também é o meu dever e a minha responsabilidade; quando sou humilde quanto aos meus merecimentos, tanto em relação a Deus como em relação às pessoas – então serei uma pessoa agradecida.

Você se considera uma pessoa agradecida? Você costuma agradecer a Deus pelas coisas que recebe, mesmo aquelas que parecem vir automaticamente? Ou só lembra de pedir? Ou, pior, exigir? Você costuma agradecer às pessoas as coisas que fazem por você?

A Bíblia nos diz: “Sejam agradecidos”. Cl 3:15. Aliás, se fôssemos colocar aqui todos os versículos da Bíblia que falam sobre gratidão e agradecer, esta revista toda não seria suficiente. De ponta a ponta, a Palavra de Deus está cheia deste assunto, mostrando como o agradecimento é importante.

Infelizmente, corremos o risco de sermos mal-agradecidos. Às vezes, pensamos que por sermos idosos não precisamos mais agradecer a ninguém. Não é assim que Deus quer. E não é assim que é o melhor para nós. O mal-agradecido, na verdade, é infeliz. O ingrato nunca está contente com nada, nunca tem satisfação nas coisas e, na verdade, nem em Deus. A pessoa agradecida é uma pessoa mais feliz!

Convém aqui ressaltar ainda uma coisa: quando falo de gratidão não me refiro a apenas dizer isso. Isto é, falar “muito obrigado” a Deus em oração, louvor e adoração, e às pessoas. É preciso que a gratidão esteja de fato no coração. A Bíblia nos diz para termos gratidão no coração. Como tê-la? Precisamos refletir sobre tudo o que Deus nos dá e faz por nós; sobre tudo o que as pessoas significam para nós e fazem ou fizeram por nós. Então deixar o Espírito Santo inundar o nosso coração com alegria e gratidão. Então, pense “muito obrigado!”, cante “muito obrigado!”, viva “muito obrigado!” e fale “muito obrigado!” Você será bem mais feliz!

 

 

Anos Dourados
Romildo Wrasse

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Anos Dourados

  • Anos Dourados

    Quando a ansiedade é um problema

    Por

    Você se preocupa demais com as coisas, por antecedência? Você sofre por antecedência com o que...

  • Anos Dourados

    Experiência conta?

    Por

    Recentemente, ouvi a expressão “bananeira que já deu cacho”, referindo-se a uma pessoa idosa. Um tronco...

  • Anos Dourados

    Você é legalista?

    Por

    O que é ser legalista? É a pessoa que ensina e aplica o legalismo. Legalismo é...

  • Anos Dourados

    Idade, vida e movimento

    Por

    “Cresçamos em tudo até alcançarmos a altura espiritual de Cristo” Ef 2:15   “A vida é...

  • Anos Dourados

    Idosos e o tempo – falta ou sobra?

    Por

    Falar de tempo é algo bem atual. Cada pouco se ouve expressões como: não tenho tempo!...

Artigos Populares

Para o Topo