Conectado com

Com o que ocupar o pensamento

Anos Dourados

Com o que ocupar o pensamento

Pensar, raciocinar, refletir, planejar mentalmente, sonhar – é muito bom e também necessário. Mente ativa ajuda a nos sentirmos melhor, mais dispostos, mais capacitados a fazer coisas e conseguir se relacionar melhor com as pessoas. E até ajuda a prevenir doenças, como alzheimer.

Nossa mente precisa ser exercitada, assim como nosso corpo. É um engano pensar que depois de aposentado, quando idoso, a vida é só descansar. Aliás, essa atitude até torna a vida muito chata, monótona, sem graça. É claro que precisamos de momentos de descanso, tanto para o corpo como para a mente. E que, na terceira idade vamos diminuir o ritmo do esforço. Mas, não podemos entrar numa de preguiça mental.

Talvez alguém diga: mas ninguém deixa de pensar. É verdade. Mas, precisamos ir além daquele pensamento que surge naturalmente. Precisamos sair da zona de conforto. Fisicamente, ninguém realmente se exercita se não sair da zona de conforto. É preciso fazer um esforço para ir um pouco além. É preciso chegar ao cansaço mesmo. E assim também é com o pensamento. É preciso fazer uma força a mais. Tem uma expressão que diz: quebrar a cabeça. É preciso descobrir coisas novas, aprender coisas novas, entender coisas novas. E tem tanto por aí para aprender… pense, por exemplo, nas novas tecnologias. Estude, tente, tente de novo, tente outro dia, insista, para dominá-las! E leia! Aproveite a terceira idade para ler muito.

Um aspecto extremamente importante é quanto ao conteúdo dos nossos pensamentos. Nisto também precisamos fazer um esforço, pois naturalmente, muitas vezes, não vêm bons pensamentos. Vêm pensamentos tristes, desanimadores, de raiva, de mágoas, decepções. E vêm também pensamentos maus, que não correspondem à verdade. Isto é, não são bons para o filho de Deus. Às vezes, nos enganamos em nossos pensamentos. Outras vezes, vêm pensamentos impuros, ou de egoísmo, de vingança, de ódio, de ações contrárias à vontade de Deus… enfim, de uma vida que não é a nova vida que Jesus obteve para nós, de uma maneira tão sofrida, na cruz do Calvário. Por isso nos diz a palavra de Deus: “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o pensamento de vocês” Fp 4:8 (NAA).

Para que estes pensamentos dominem a sua mente, abasteça-se sempre da Palavra de Deus. Leia, ouça, estude a Bíblia. Por ela, o Espírito Santo guiará a sua vida. Pense muito! Descanse o pensamento quando necessário. Volte a pensar muito. Sempre o bem, conforme a perfeita vontade de Deus.

Anos Dourados
Romildo Wrasse

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Anos Dourados

  • Anos Dourados

    Quando a ansiedade é um problema

    Por

    Você se preocupa demais com as coisas, por antecedência? Você sofre por antecedência com o que...

  • Anos Dourados

    Experiência conta?

    Por

    Recentemente, ouvi a expressão “bananeira que já deu cacho”, referindo-se a uma pessoa idosa. Um tronco...

  • Anos Dourados

    Você é legalista?

    Por

    O que é ser legalista? É a pessoa que ensina e aplica o legalismo. Legalismo é...

  • Anos Dourados

    Idade, vida e movimento

    Por

    “Cresçamos em tudo até alcançarmos a altura espiritual de Cristo” Ef 2:15   “A vida é...

  • Anos Dourados

    Idosos e o tempo – falta ou sobra?

    Por

    Falar de tempo é algo bem atual. Cada pouco se ouve expressões como: não tenho tempo!...

Para o Topo